27 março 2010

Há dias assim...

Filipa Azevedo - "Há dias assim"
É a nossa representante no Festival Eurovisão da Canção... Uma balada muito bonita... mas o que a torna especial é a letra... A letra é lindíssima e trás-me à memória um poema excepcional de Eugénio de Andrade... "Adeus"...

Há dias assim
Que nos deixam sós
A alma vazia
A mágoa na voz
Gastámos as mãos
Tanto as apertámos
Já não há palavras
Foi de tanto as calarmos.

Há uma canção
Que não te cantei
Versos por rimar
Poemas que nunca inventei

Quem nos pôs assim?
A vida rasgada
Quem te me levou,
Roubou-me a alma
Mas de ti não sabe nada

Há dias assim
Não há que esconder
Recear palavras
Amar ou sofrer
Ocultar sentidos
Fingir que não há
Há dias perdidos
Entre cá e lá

Há uma canção
Que não te cantei
Versos por rimar
Poemas que nunca inventei

Quem nos pôs assim?
A vida rasgada
Quem te me levou,
Roubou-me a alma
Mas de ti não sabe nada

Sei que um dia saberás
Que a vida é uma só
Não volta atrás.

Quem nos pôs assim?
A vida rasgada
Quem te me levou
Roubou-me a alma
Mas de ti não sabe nada.

2 comentários:

Bruno Cardona disse...

Olá, já estava a estranhar não haver aqui algo sobre a linda música que vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção. Vamos torcer por ficar com um bom lugar. Já agora aproveito para te mandar um grande abraço e desejar uma boa semana.
Bruno Cardona

pinguim disse...

Eu concordo com o que dizes, mas não vai ter qualquer êxito na Eurovisão, pois é uma música para "consumo interno", não é canção festivaleira.
Abraço.